Meu humor



Meu perfil
BRASIL, Homem, de 46 a 55 anos, Portuguese, Italian
Outro -




Arquivos

    Votação
     Dê uma nota para meu blog

    Outros links
     Guca Domenico - Site
     Loja da Gorda
     Genérico
     Myspace Guca Domenico
     Pituco
     Rogério Santos
     Blog da Monica Valentim
     Tia Clara World
     Blog do Lingua
     Castelo
     Lizandra
     Rogério Castilho
     Ruy Fernando Barbosa
     Terapia da Palavra
     Mariana Poeta




    Guca
     


    Filô

    MENTIRA

     

    Quando a pessoa mente distraidamente não provoca tanto dano aos outros, mas o mal que causa a si mesmo é devastador.

    Para a pessoa de mau caráter, mentir para os outros não tem a menor importância. Ele não se importa se vai prejudicar ou não. Mentir é apenas uma de suas atitudes maléficas. Para a pessoa de bom caráter, a mentira tem um componente negativo que é a culpa por tomar atitude tão vil. Faz mal, adoece a criatura.

    Mentir a si mesmo é um dos grandes problemas que aflige as pessoas. Não é exagero afirmar que mais de 90% vive uma vida de mentira. Não se está falando em hipocrisia ou política. Esse é outro departamento. A vida de mentira é aquela que se vive distraído de si mesmo, sem estar atento ao que se faz e as consequências disso.

    Não existe acaso. Existe uma ação que provoca reação.

    Quem não está desperto para isto acaba sofrendo seguidamente até que aprenda a ver as coisas pela ótica da justiça, do ajustado, do correto e coerente. Plantar e colher. Quem vive distraidamente, em geral, está preocupado apenas com o próprio sonho e dorme de olhos abertos. Não tem a capacidade anímica de compreensão.

    Quando os filósofos gregos chamavam a atenção dos pretendentes à sabedoria com a frase CONHECE-TE A TI MESMO, estavam deixando claro que o conhecimento de si mesmo é que gera a felicidade - e não o contrário. Ousado afirmar, mas não errado, que quem deseja ser sábio/feliz deve procurar primeiro conhecer a si mesmo. Colocar nas costas de outro a carga da frustração é próprio de fanáticos religiosos que atribuem a Deus tanto as vitórias materiais quanto as derrotas sentimentais.

    O grande engano é materializar as coisas de Deus.

    Não há qualquer relação entre você ter um carro possante e a generosidade do Pai Celeste. O carro é consequência de seus atos, seja ele trabalho, seja ele presente.

    Deus não dirige nossa vida, nós somos os motoristas.



    Escrito por Guca Domenico às 11h35
    [] []



     
      [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]